15 de jan de 2017

Aos jovens pentecostais vocacionados

Aos jovens pentecostais vocacionados

Por Gutierres Fernandes Siqueira
Você tem estudado as Escrituras com afinco e está incomodado com a imaturidade de muitos ministros e membros de sua igreja? Você cansou da política eclesiástica? Ou ainda está desgostoso com a pobreza do púlpito? Eu entendo você, mas, por favor, leia estes conselhos. Sei que tenho pouca idade para ser conselheiro de alguém, mas não despreze irrefletidamente a minha mocidade.
1. Seja paciente. A sua tradição eclesiástica tem apenas um século de vida e tem passado por um processo de crescimento nunca antes visto na história da cristandade. Em 2025, segundo o respeitado instituto “Pew Research Center”, seremos um grupo religioso com um bilhão de membros e associados. É difícil conviver com um crescimento tão violento sob uma ótima coesão, organização e coerência.
2. Valorize os nossos pontos positivos. O pentecostalismo é hoje o grande baluarte do conservadorismo teológico. Hoje há mais anglicanos na Nigéria do que na Inglaterra e isso se deve ao fervor carismático dos nigerianos. Os pentecostais adoram um Deus que intervém e não uma espécie de psicólogo cósmico.
3. Seja crítico e construtivo. A melhor crítica ao mal é a produção do bem. A melhor apologia é a defesa, e não o ataque. Tenha senso crítico, mas não se leve muito a sério. Você, como jovem, tem o ímpeto de mudar o mundo, mas lembre de que antes você precisa arrumar a sua cama.
4. Conheça a sua teologia. Se você acha que o pentecostalismo não tem teologia, por favor, deixe tamanha ignorância de lado. Leia, leia e leia. Leia um pouco mais. Leia Donald Gee. Já ouviu falar nele? Não, como assim? E ainda diz que o pentecostalismo não tem teologia? Ou você anda alienado? Leia Robert Menzies, William Menzies, Roger Stronstad, Gordon Fee, Stanley M. Horton, Antonio Gilberto, Anthony D. Palma, Rick Nuñez, French L. Arrington, Craig Keener, etc.
pentecost-gold-dove-banner1
5. Conheça a sua história. Você já leu algum livro sobre a história do pentecostalismo? Pois bem, deixe a Netflix de lado por algumas horas e faça isso. Seja surpreendido por uma história de fé e fidelidade ao Senhor. Mazelas? Sim, houve muitas. Mas a nossa historiografia é mais bela do que isso.
6. Conheça grandes pregadores pentecostais. Já ouviu falar no David Wilkerson? Não, meu Pai eterno, o que você anda fazendo?! Corra agora para o YouTube.
7. Você sabia que os primeiros livros contra a teologia da prosperidade no Brasil, ainda no começo da década de 1990, foram escritos por pentecostais? Você sabia que os institutos apologéticos no Brasil foram fundados por pentecostais? Por que você não segue o exemplo desses homens e mulheres?